Curitiba Antiga, Lugares, Melhores, neve

14 fotos da Praça mais antiga da Cidade de Curitiba

Praça Tiradentes Antigamente, 14 fotos antigas da praça mais antiga da cidade de Curitiba.


Praça Tiradentes nos anos 50

Praça Tiradentes nos anos 50

Acervo: desconhecido


Praça Tirandentes ano de 1955

Praça Tirandentes ano de 1955

Acervo: Cid Destefani


Praça Tiradentes no ano 1914

Praça Tiradentes no ano 1914

Acervo: Desconhecido


Praça Tiradentes anos 60.jpg

Praça Tiradentes anos 60.jpg

Praça Tiradentes anos 50

Praça Tiradentes anos 50


Praça Tiradentes – Vista lojas Frischmans, Drogarias Colombo e Minerva

Praça Tiradentes anos 40

Praça Tiradentes anos 40


Praça Tiradentes anos 30

Praça Tiradentes anos 30


O Dirigível Hindenburg sobrevoando a Catedral de Curitiba

O Dirigível Hindenburg sobrevoando a Catedral de Curitiba


Neve em Curitiba em 1975

Neve em Curitiba em 1975


Praça Tiradentes nos anos 40

Praça Tiradentes nos anos 40


Desfile Militar na Praça Tiradentes em 1958

Desfile Militar na Praça Tiradentes em 1958

Desfile Militar na Praça Tiradentes em 1958 ( Acervo Eduardo Glaser Lupion )foto enviada por Moysés Lupion de Troya


Catedral na Praça Tiradentes

Catedral na Praça Tiradentes

Foto enviada por João Carlos Lima


(8.582 visitas, 3 hoje)




  1. Raul Toews

    …esta praça faz parte da minha vida… anos 50 entregando leite na Sorveteria Damasco e Primor em frente do ponto do Bonde… alguém teria uma foto do referido ponto, onde em cima existia propaganda da ICO com um recorte metálico de um Dinossauro ?

  2. TIO FRANÇA

    Parabéns pelo trabalho de relembrar a nossa Curitiba do Passado, vim do sul pra Curitiba no ano de 1964 e acompanho de la pra cá o crescimento desta grande Metrópole, pois, me sinto um Cidadão Curitibano.

  3. Jose Luis Rodrigues

    queria conhecer o bairro Água Verde

  4. Parabéns pelo belíssimo trabalho.

    Preservar a história é permitir que nossa geração e a posteridade encontrem, nas suas raízes, razão e força para não cederem aos ventos dos modismos e da futilidade, e não sucumbirem perante a tentação de nada fazer por já terem encontrado tudo feito…

    Um cordial abraço!

Escreva um comentário